O que é permacultura?

“A Permacultura consiste na elaboração, implementação e manutenção de ecossistemas produtivos que mantenham a diversidade, a resistência e a estabilidade dos ecossistemas naturais promovendo energia, moradia e alimentação humana de forma harmoniosa com o ambiente.” (Bill Mollison, 1999)

Criada há quase 40 anos a Permacultura é um convite à reflexão e à mudança de comportamento. Consiste no planejamento e execução de ocupações humanas sustentáveis nas quais plantas, animais, seres humanos e construções se tornam parte de um sistema inteligente e interconectado. A Permacultura – contração das palavras “cultura” e “permanente” – oferece métodos ecologicamente e economicamente viáveis para atender as necessidades básicas de uma comunidade sem degradar o meio ambiente, visando que se tornem autossuficientes a longo prazo.

NA AGRICULTURA

A Permacultura aprofunda e amplia os conceitos do manejo orgânico, tais como a proibição do uso de agrotóxicos e aditivos químicos na agricultura como forma de diminuir potenciais efeitos negativos à saúde dos consumidores. Traz para a discussão a questão da degradação ambiental e do uso inconsequente dos recursos naturais, indo além das práticas agrícolas, abordando a captação e o tratamento de água, a geração de energias alternativas, técnicas de bioconstrução e hábitos saudáveis individuais.

Na Fazenda da Toca utilizamos os Sistemas Agroflorestais (http://fazendadatoca.com/agrofloresta-experimental-da-toca/) inspirados nos princípios do pesquisador Ernst Götsch. Isso significa plantar imitando a lógica da floresta com seus extratos e sucessões, em harmonia com os ciclos naturais, produzindo alimentos de forma eficiente e abundante, regenerando o solo e criando biodiversidade.

NA EDUCAÇÃO

A Permacultura possui aplicações diversas, inclusive na área da Educação. Em nossa escola de aplicação – a Toca do Futuro – contamos com um quintal permacultural que é um rico campo de experiências e aprendizagens para os alunos. Inspirados nos sistemas naturais, as crianças participam desde muito pequenas da construção e manejo de diversos elementos que oferecem soluções sustentáveis para as necessidades de nossa pequena comunidade.

São exemplos destes elementos os canteiros agroflorestais, a composteira, o banheiro seco, a espiral de ervas, a estação de ecossaneamento, o jardim dos sentidos, o meliponário de abelhas nativas sem ferrão, entre outros. Nosso objetivo é permitir que nossos alunos cresçam fazendo parte de uma comunidade sustentável e participem, de forma ativa e autônoma, da criação de soluções sistêmicas para importantes problemas que enfrentamos local e globalmente.