Blog

Cartas do Pedro

Tecnologias da Floresta: sucessão natural das plantas

29/12/2016

A evolução natural é certeira! Durante milhares de anos, a natureza criou mecanismos para sustentar a vida. Aqui na Toca, aprendemos a enxergar esses mecanismos como o que chamamos de “Tecnologias da Floresta”, uma inteligência que ajuda no entendimento e no desenvolvimento de nossos sistemas agroflorestais. E para ajudar na sua compreensão sobre esses diversos conceitos, decidimos criar uma série especial aqui no blog que começa nesse texto com um tema especial: a sucessão natural das plantas. Entender esse termo significa aprender a respeitar as plantas no seu tempo. leia mais

Cartas do Pedro

Receitas de Natal da Fazenda da Toca

21/12/2016

Achou mesmo que não teríamos receitas de Natal? E por falta de uma, te ensinamos TRÊS! A nossa parceira Lidiane Barbosa, chef funcional, criou um menu completo para sua ceia: bruschetta com caponata de banana verde, cheesecake, rabanada, lasanha de mandioca e, claro, o clássico panetone! Veja abaixo todos os preparos e mão na massa! Sua ceia com certeza vai ficar mais gostosa. leia mais

Cartas do Pedro

Fazenda da Toca recebe astronauta da NASA para bate-papo

22/11/2016

Após passar uma temporada em órbita na nave russa Soyuz TMA-08M olhando o Planeta Terra lá de cima, o astronauta da NASA e ex-SEAL da Marinha Americana, Christopher Cassidy mudou sua percepção com relação ao jeito que cuidamos do mundo. leia mais

Cartas do Pedro

Comemore o Dia Mundial da Alimentação com a Toca

14/10/2016

Tem jeito melhor de comemorar o Dia Mundial da Alimentação que colocar a mão na massa e se deliciar com o resultado? Preparamos para este dia 3 receitas saborosas, saudáveis e práticas para você escolher e preparar! As criações foram feitas pela Lidiane Barbosa, chef funcional e parceira da Toca. E então, mão na massa? leia mais

Cartas do Pedro

PANCs: As plantas comestíveis que poderiam estar em nosso cardápio

19/08/2016

Bertalha, hibisco, dente-de-leão, taioba... estas e outras milhares de espécies se enquadram em um grupo pouco conhecido pelos consumidores e que é chamado de PANCs – ou Plantas Alimentícias Não Convencionais. Basicamente, são as plantas que poderiam muito bem ser incluídas em nosso cardápio, mas são esquecidas pela falta de costume ou mesmo de conhecimento. leia mais

Cartas do Pedro

Convencional X Orgânico: Quais são os alimentos com maior concentração de agrotóxicos e que devem ser evitados?

12/08/2016

O uso de agrotóxicos no Brasil não é novidade. Desde 2008, lideramos a lista de países que mais utilizam agrotóxicos – hábito que cresceu cerca de 700% nos últimos 40 anos e que já chega à uma média de 1 bilhão de litros (2013/2014). Porém, este uso generalizado pode se apresentar de maneira mais ou menos forte em alguns tipos de alimentos: é o que mostra o PARA, Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos, feito continuamente pela Anvisa por todo o país. leia mais

Cartas do Pedro

A Agricultura orgânica ainda mais perto de alimentar o mundo todo

31/05/2016

“Antes de voltarmos para a agricultura orgânica neste país, alguém precisa decidir quais dos 50 milhões de americanos serão deixados para passar fome”. Esta frase foi dita por Earl Butz, secretário da agricultura dos EUA em 1971 e reproduz um pensamento generalizado de que a produção orgânica nunca seria viável do ponto de vista global. Hoje, menos de 50 anos depois da declaração, não faltam provas de que este jeito alternativo de cultivar pode sim alimentar o mundo todo. É o caso de um novo relatório divulgado pela Universidade Estadual de Washington e publicada na revista Nature Plants. leia mais

Cartas do Pedro

Sucesso de modelo de gestão da Fazenda da Toca é tema de matéria na revista Época Negócios

31/05/2016

O segmento que contraria a atual situação econômica do país e cresceu 30% em 2015 por si só já chama a atenção. Mas quando somamos este fator ao modelo de gestão que utilizamos na Fazenda, a produção de alimentos orgânicos se mostra ainda mais eficiente quando o assunto é produtividade que respeita o planeta e, acima de tudo, se justifica no âmbito econômico. leia mais